Tavi musa

tavi_gevinson_board

Quando li pela primeira vez o “Style Rookie”, a Tavi já era famosa, já frequentava desfiles e tudo mais.

Confesso que não dei muita bola para o que ela escrevia, mas achei as influências muito interessantes. Incomuns. Ela tinha 13,14 anos e falava de feminismo, ouvia cantoras folk dos anos 70. Gostei.

Com a “Rookie Mag” foi diferente.

Adorei de cara. A proposta, o visual, os textos.. Achei extremamente inspiradora.

Com uma abordagem diferente que fala de mil e um assuntos com colaboração de quem quiser participar. Qualquer pessoa. O resultado é original, sem aquela coisa padrão que estamos acostumados a ver na grande maioria das revistas e blogs mundo a fora.

O público principal é adolescente mas desafio qualquer um com mais de 20 e poucos anos a não se identificar com pelo menos um, dos milhões de textos que estão lá.

E não espere posts “cor de rosa”. Tem desde  dicas para abrir seu próprio negocio até discussões sobre apropriação cultural passando por beleza, sexualidade e moda, claro (o assunto principal do Style Rookie).

Hoje sou muito fã da Tavi. Ela cresceu (está com 16), linda, cada dia mais inteligente, criativa, educada, independente e desdobrando a Rookie Mag em projetos bacanas.

Uma inspiradora exceção no meio de tanta gente que escreve, escreve, escreve e não tem nada a dizer.

 Abs,

Natália.